Calculando o preço de custo de uma mercadoria com base no Frete e IPI

5/5
Calculando o preço de custo de uma mercadoria com base no Frete e IPI

Calculando o preço de custo de uma mercadoria com base no Frete e IPI

Este cálculo embora simples,  tem a finalidade de auxiliar o empresário na descoberta pelo preço de custo de uma determinada mercadoria, considerando o preço do frete pago em uma determinada compra e o valor do seu IPI.

O valor do ICMS de entrada não é considerado, pois neste caso consideramos que a empresa não tem direito ao crédito do ICMS. Atenção esse cálculo é somente para que se chegue ao custo real de compra de uma mercadoria, para que se calcule o preço de venda são necessários outros cálculos e outras informações.

Primeiro calculamos o percentual do frete em relação ao total da nota.
Ex: Frete 35,00, Total da Nota 450,00.
Para chegar ao percentual basta multiplicar o valor do frete por 100 e dividir pelo total da nota.
35*100/450=7,777777…  (O Percentual encontrado arredondado foi de 7,78%)

Agora calculamos o valor de custo de um item que custa 55,00 na nota e tem IPI de 10% e frete de 7,78%.
Para calcular basta somar o valor de 55,00 + 10% + 7,78% =  65,20 (custo atualizado).

Entendendo o cálculo

Após selecionar uma nota de compra de mercadoria, analisamos o valor total do seu frete (esteja ele declarado na nota ou não), o valor total da nota e calculamos o percentual do frete em relação ao valor total da nota.

Utilizando a fórmula, temos:

PF = Percentual do frete %
VF= Valor do frete R$
VT= Valor total da nota R$

Assim temos:  PF = (VF x 100) / VT

Queremos dizer que, o percentual do frete é igual a: valor do frete em real (R$) multiplicado por 100, e após, pega-se o resultado deste calculo e divide-se pelo valora total da nota.

Ex: Suponhamos que, em uma nota de entrada, o total já com o IPI seja de R$ 450,00, seu frete seja de R$ 35,00.  Aplicando a fórmula:

PF (Percentual do Frete) = Valor a ser descoberto
VF (Valor do Frete) = R$ 35,00
VT (Valor Total) = R$ 450,00

Fórmula: PF = (VF x 100) / VT
Vamos substituir as siglas pelos valores que já temos.
PF = (35,00 x 100) / 450,00
PF = 3.500 / 450,00
PF = 7,7777777… (O resultado foi uma dizima periódica)
PF = 7,78%  (Percentual arredondado, mas você pode utilizar mais casas decimais se desejar uma precisão maior)

Com este cálculo, descobrimos que o valor do frete representa um adicional de 7,78% (por cento) ao valor total da nota. Agora, podemos adicionar esse percentual ao custo do produto para sabermos qual o custo total com frete de cada produto que estamos lançando. Lembrando que utilizaremos também o valor do IPI.

Vamos supor os seguintes itens em uma nota Fiscal

Utilizaremos a seguinte fórmula:

CA: Custo unitário da mercadoria atualizado (Custo já com frete e IPI) R$
CM: Custo normal da mercadoria sem IPI  R$
PI: Percentual do IPI % (Percentual do IPI que vem na nota fiscal comprada, OBS.: nem todos os produtos têm IPI)
PF: Percentual do frete % (Percentual do frete que achamos anteriormente, no caso é de 7,77%)

Assim temos: CA = (CM + PI) + PF

Queremos dizer que, o custo unitário atual da mercadoria (CA) será igual a: o custo normal da mercadoria encontrado na nota (CM) adicionado ao percentual do IPI (PI), e o resultado soma-se novamente ao percentual do frete (PF).

Vamos pegar o item nº 1 para trabalhar. Seu valor é de R$ 55,00, seu IPI é de 10%, e o percentual do frete é de 7,78%.

Aplicando a fórmula:
CA: Valor a ser descoberto
CM:  R$ 55,00
PI:  10%
PF: 7,78%

Fórmula: CA = (CM + PI) + PF
Vamos substituir as siglas pelos valores que já temos.
Aplicação: CA= (55,00 + 10%) + 7,78%
Aplicação: CA= (60,50) + 7,78%
Aplicação: CA= 65,20 (Descobrimos que o custo do frete por unidade da mercadoria nº 1 foi de R$ 4,50~)

O valor de custo da mercadoria atualizado (CA) ficou em R$ 65,20~.  Em relação ao item nº 3, como ele não tem IPI, simplesmente somamos seu valor + o percentual do frete. Após efetuar os cálculos nos 3 item obteremos a nova tabela de preços de custo:

 Ao final descobrimos que, o item nº 1 tem um custo total de R$ 65,20 (a unidade) e 195,63~ (o total das 3 unidades), já  o item 2, ficou  R$ 26,6755 (a unidade) e 106,702 (o total das 4 unidades), já o item 3 que era somente uma unidade e não tinha frete, ficou em 182,68~ (com IPI).


UMA OBSERVAÇÃO IMPORTANTE:

O exemplo citado neste artigo, obtém o % do frete sobre o preço já com o IPI embutido, mas, existe a possibilidade também de obter um percentual diferente, calculando diretamente sobre o subtotal do item (Quantidade x Valor Unitário, sem considerar o IPI). Embora o percentual obtido seja diferente, e o valor do frete possa variar de um item para o outro, o total será o mesmo.

Veja um exemplo:
Valor do Item = 55,00 + IPI + FRETE
Calculando o IPI sobre os 55,00: 5,50 (10%)
Obtendo o percentual do FRETE sobre o total da nota (sem o IPI):
Total da Nota (sem IPI): 424,50 | Total do Frete: 35,00
Percentual do frete sobre a nota:  (35 / 100) / 424,50 = 8,2449%

Veja que, embora o percentual do FRETE agora seja de 8,2449%, o valor total é o mesmo do exemplo anterior.

O que mudou, é que como o cálculo não considera mais o IPI, e o item n° 3 não tem IPI, nesta forma ele teve um peso maior (já que o IPI não é considerado) por isso, seu frete foi de 13,1871 para 13,9751. E consequentemente os outros tiveram uma leve redução no valor.


Conclusão

Com estes valores em mãos podemos ter uma melhor ideia de quanto podemos comercializar um produto, mas não podemos esquecer que ainda é necessário calcular outros valores como, despesas operacionais, comissão, ICMS de saída, e o lucro desejado. Mas isso já é outra história, caso queira saber como calcular corretamente o preço de venda de um produto, veja nossa matéria: Calculo correto do Preço de Venda e Lucro do Produto (com Download de uma planilha para auxílio no cálculo).

Esse artigo  foi útil para você?

Então, siga os nossos perfis no Facebook, Instagram e no Twitter para ter acesso a outros conteúdos relevantes!

Se tiver alguma dúvida, fique à vontade para postar.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém que precisa ler:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Compartilhar no pinterest
0 0 Votos
Avaliação do artigo
11 Comentários
Os mais antigos
Os mais novos Mais votado
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Elisangela
Elisangela
2 anos atrás

Olá Glenda!
Qual a base legal que você utilizou para chegar esse calculo.
Preciso da base legal desse calculo do custo de mercadoria com IPI, para comprovar o custo do frete.
Se puder me encaminhar agradeço.

Maicon Saraiva
Maicon Saraiva(@maiconsaraiva)
Admin
Respondeu para  Elisangela
2 anos atrás

Olá Elisangela tudo bem? Não se trata de uma base legal. Frete é uma parte do custo da mercadoria.
E o artigo foi criado para sanar uma dificiuldade que é o rateio do Valor Total de Frete de uma compra para todos os produtos desta mesma compra. Deste modo, divide-se o valor do frete por todos os itens de forma proporcional, ou seja, se o item 1 custou mais, então o frete proporcional para ele irá ser maior também, e por ai vai.
Obs: Esse exemplo se encaixa melhor no lançamento de mercadorias no estoque, quando se quer saber exatamente o custo de cada produto, incluindo o frete (que geralmente não vem discriminado por item, apenas o total da nota).

Pela sua pergunto, presumo que esteja procurando uma base legal para saber quando o IPI deve incidir sobre o frete, seria isso? Se se sim, esse artigo não seria o caso.
Caso ainda tenha dúvidas, estamos à disposição.

tonetti almeida
2 anos atrás

Favor corrigir a primeira conta esta errada. 35×100/450=7,7777

Newber
Newber
1 ano atrás

Me tire uma dúvida, se a empresa está no simples, esta informação não estaria incorreta?

O valor do ICMS de entrada não é levado em conta, pois neste caso consideramos que a empresa não tem direito ao crédito do ICMS.

Maicon Saraiva
Maicon Saraiva(@maiconsaraiva)
Admin
Respondeu para  Newber
1 ano atrás

Olá, Newber, tudo bem?
Então, esse exemplo é justamente para empresas do Simples Nacional.
Em geral, empresas do Simples Nacional não podem aproveitar o crédito de ICMS. Então o trecho “O valor do ICMS de entrada não é levado em conta, pois neste caso consideramos que a empresa não tem direito ao crédito do ICMS.” que dizer exatamente isso.

Arturo
Arturo
1 ano atrás

Olá Glenda,
Uma dúvida, o valor total da nota, caso o frete esteja declarado na nota, é o valor total com o frete junto, correto? caso o frete não esteja declarado temos que adicionar o frete ao valor total da nota para então calcularmos o percentual do frete sobre o (valor total da nota + frete), correto?
muito Obrigado

Márcio Saraiva
Márcio Saraiva(@marcio)
Admin
Respondeu para  Arturo
1 ano atrás

Boa Noite Arturo!

Na verdade para calcular o percentual de frete nos produto você não deve somar com o valor da nota. Essa regra vale tanto para frete declarado na nota quanto o que não esta na nota.

Exemplo:

Se você tem uma nota de 100,00 e o frete no valor de 10,00, o percentual do frete referente a nota é de 10%

O cálculo é o seguinte:
Valor do frete: 10,00 / Dividido pelo valor da nota: 100,00 = 0,10 (Resultado) agora multiplica o resulta por 100 = 0,10*100 = 10,00%

Espero que tenha ajudado!

JOEL DIOGO DE FARIAS
1 ano atrás

QUERIA UM PLANILHA JA PRONTA PRA MIM CALCULAR MEUS PRODUTO
JOEL.DIOGO@HOTMAIL.COM FONE 69 99232 3500

Maicon Saraiva
Maicon Saraiva(@maiconsaraiva)
Admin
Respondeu para  JOEL DIOGO DE FARIAS
1 ano atrás

Leia também: