5 dicas para movimentar o estoque parado

5/5

Produtos precisam se transformar em dinheiro. Sem esse resultado final, as empresas não obtêm liquidez para pagar os seus fornecedores, honrar a folha de pagamento, investir em oportunidades ou garantir o lucro de proprietários ou acionistas.

Por isso, evitar o estoque parado é um dos primeiros passos para promover a saúde financeira de um negócio e promover o seu crescimento.

Na sua empresa, esse é um problema frequente? Você percebe que, muitas vezes, os recursos financeiros ficam empatados em mercadorias de baixo giro, que precisam de esforços adicionais para deixar as prateleiras?

Então, não perca este post. Vamos dar 5 dicas para você colocar em pratica e zerar esse estoque parado que tem na sua empresa.

1- Analise todas as mercadorias

O primeiro passo é avaliar o seu estoque e entender o motivo de a mercadoria estar parada. Você precisar ter em mãos a quantidade de produtos parados, valores de custo de venda.

2- Promova uma promoção

A boa e velha promoção é sempre uma maneira eficaz para aumentar a rotatividade das mercadorias em estoque.

3- Faça divulgações

De nada vai resolver colocar os produtos em promoção, se os clientes não souberem. Felizmente, existe um arsenal de mídias que podem ser utilizadas para fazer essas divulgações, faça umas montagens e coloque nas redes sociais mostrando os produtos.

4- Ofereça incentivos na forma de pagamento

Um dos indicadores financeiros mais importantes para quem atua no varejo é o histórico do fluxo de caixa. Para que o balanço entre o que entra e o que sai seja sempre positivo, a melhor forma é receber os pagamentos na hora. Sendo assim, por que não aproveitar o estoque parado e dar uma turbinada nas vendas à vista?
Isto pode ser feito de forma relativamente simples, por meio de descontos em compras pagas no ato.

5- Faça Combos

Elabore combos de produtos, isso faz com que o cliente veja o valor do todo e não só daquele produto que estava esquecido no estoque e precisa ser vendido. Quando o comerciante agrega um produto a outro é possível mostrar para o cliente que aquilo é útil.
É importante lembrar que o cliente precisa ter liberdade para levar o combo. Caso contrário, a tática pode ser configurada como venda casada e virar um problema para a empresa.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém que precisa ler:

Leia também:

"Conhecimento gera liberdade!"

Este blog é criado e mantido com carinho pela equipe da Sismais.
Acompanhe as novidades do Blog nas redes sociais:

Mais Vistos

Posts Recentes

Diferença entre TEF e POS

Ao possuir um estabelecimento, é importante que os métodos de pagamento sejam variados e acessíveis aos clientes, não é mesmo? Por isso, um dos meios

Fidelizar cliente
Dicas essenciais para fidelizar clientes

Os clientes são, sem dúvidas, peças essenciais para o crescimento de qualquer empresa. Afinal, são eles que ditam o faturamento de uma organização e, consequentemente,

Cadastre-se para receber nossas novidades por e-mail!

Receba nossos e-mails sobre negócios, tributação, finanças, estoques e outros…

Prometemos não enviar SPAM.